Destaque
Capa / Bahia / Travesti mata professor a golpes de faca de cozinha por conta de programa não pago
Travesti mata professor a golpes de faca de cozinha por conta de programa não pago

Travesti mata professor a golpes de faca de cozinha por conta de programa não pago

Duas travestis foram presas e uma adolescente, também travesti, apreendida na madrugada desta quarta-feira, 6. Elas são suspeitas de envolvimento na morte de um professor de inglês no município de Barreiras (a 871 quilômetros de Salvador), ocorrido no último sábado, 2.

Segundo o titular da 1ª Delegacia Territorial, José Romero, Wanderson Evangelista dos Santos, conhecido como “Soraia ou Paôla”, confessou que teria matado Tallis Silva Bastos, 38 anos, depois que ele não quis pagar uma dívida de um suposto programa.

“Eles entraram em luta corporal ainda dentro do carro. Quando Soraia saiu, Igor Mariano dos Santos Silva, (conhecido como a travesti) ‘Mirele’, e o menor identificado pelo nome social ‘Lórem’, que estavam próximos ao local, correram e ajudaram, segurando Tallis”, disse Romero.

O professor foi apunhalado no peito por Soraia com uma faca de cozinha. Depois do crime, ela jogou a arma dentro de um bueiro.

Após ser esfaqueado, Tallis ainda conseguiu dirigir por alguns metros para procurar ajuda, mas acabou batendo o carro em uma grade. Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) tentou prestar os primeiros socorros, mas ele não resistiu.

De acordo com o delegado, Soraia e Mirele estão detidas na 1ª Delegacia Territorial, aguardando o parecer judicial para determinar a prisão preventiva delas.

Já o adolescente foi ouvido e solto, mas, conforme Romero, um pedido de internação será feito para o rapaz.

Fonte: A Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*